O que você faz quando a resposta é NÃO?

Todo mundo tem planos na vida. A gente, até mesmo sem querer, pensa em como vai ser daqui há uns anos ou daqui há uns dias. Se imagina vivendo uma sequência de acontecimentos. Realizando uma série de coisas. Passando naquela matéria, conseguindo aquela oportunidade de emprego legal, estando perto de quem você gosta, vivendo num apê com um cachorro fofinho onde você sempre quis morar. Mas, e quando a resposta não aparece na frente disso tudo, como você reage?

Bom, não estou aqui pra discutir as origens desse não. Chame como quiser: destino, azar, karma. Independentemente do que seja a culpa ou a razão, enquanto vivemos nos deparamos com situações em que simplesmente não é possível seguir o caminho que a gente coloriu. A gente fica doente, depende do clima, tropeça na rua e se atrasa. Perde compromissos e chances que poderiam nos dar oportunidades incríveis. Falha na matéria, não passa. Não é chamado pra aquela vaga que acreditou que era sua. Tem que se mudar pra um lugar em que nunca imaginou morar. Isso acontece com todo mundo, de quem não ganhou o presente que esperava no Natal aos grandes chefões que investem e perdem dinheiro. Puramente, não acontece como a gente acha que era pra ser.

Mas, e aí? Como a gente reage a isso tudo? Como você encara um não? Please, do not freak out. Se desesperar com uma resposta negativa aos seus planos não vai colocar eles no caminho novamente. Um não é só mais um passo. É só mais uma situação. Mais uma mensagem da vida dizendo que a gente tem que jogar duro mesmo e que nada, eu disse nada, vai ser dado de bandeja.

Não precisa bancar o mimado e dizer que isso só acontece com você (você sabe que é mentira!). E, as vezes, é o que fazemos: nos comportamos como crianças mimadas que dão show em supermercado porque recebeu a resposta não pro chocolate que ela queria. Não seja tão apegado aos detalhes do seu sonho e abra os olhos pro mundo de oportunidades que aparecem na sua frente. Saiba lidar com frustrações. Você já escutou aquela história de criar porcos e não expectativas, né?

As vezes a gente fantasia um conto que não precisa ser de fadas, mas que é o que queríamos viver. Lembre-se que pra acontecer depende de um muito mais que só você querer. Fez o seu melhor pra concretizar aquele sonho e mesmo assim ele deu errado? Então, não se preocupe. Se não depende apenas de você não há motivo pra isso. Não se sinta culpado por não controlar o fluxo das coisas. Enfrente a resposta não.

Mova-se, corra atrás, faça seu sonho andar em direção a realidade, um pouquinho a cada dia. Mas não pense que toda a felicidade de sua vida depende desse sonho. Que ele vai ser destruído pela resposta não. Dá pra ser feliz, sim, mesmo quando tudo sai do planejado. Nem sempre dá pra ser do jeito que queremos. Mas você pode escolher como quer ser na situação em que está.

Curiosa, engenheira, independente e detalhista. Adora viajar, tirar fotos e mais um monte de coisas.

Deixe uma resposta