Vamos falar sobre cabelo de novo?

Como prometido, vamos continuar com o assunto que eu adoro e que tive um feedback superpositivo quanto ao primeiro post: cachos! Se você não viu eu já contei minha história, ou melhor, a dos meus cachinhos com direito a toda a transição (ilustrada!) pra vocês aqui. E agora vou contar como é minha vida agora, depois dos cachos estabelecidos.

Bom, confesso que faço parte do grupo das lazy curly girls: não sou de usar mil produtos, apesar de gostar muito de experimentar coisas novas e já fui bem mais vaidosa (tô retomando o ritmo aos pouquinhos!) mas ainda deixo um pouco a desejar. Digo isso porque, como já falei, acredito que seu cabelo reflete muito do quanto você se dedica a ele, seja com cachos ou não. Quando você se preocupa e cuida direitinho ainda que de forma simples e rápida, mas frequente, ele vai ficar lindo! Mas se você esquecer ou tiver preguiça disso e cuidar dele só quando você “estiver a fim” não vai ter creme com reparação hiper-mega-total que vai te ajudar.

Mas, enfim, respondendo à pergunta “o que você faz pra deixar seu cabelo assim?”

14232585_594959707358060_1236581041421442942_n

Minha rotina é bem simples, gente. Eu lavo meu cabelo de duas a três vezes por semana com shampoo e condicionador indicados para cabelos cacheados e sempre que lavo faço uma hidratação, daquelas de 3 a 5 minutinhos mesmo. Uma vez por semana gasto um pouco mais de tempo e faço uma hidratação mais intensa (colocando aquele saquinho na cabeça e me sentindo em um spa, sabe?). Gosto muito de testar hidratações caseiras por que, por influência da minha mãe, funcionam muito bem e custam quase nada. As minhas favoritas são com maisena e a hidratação com babosa.

Para o meus cachos alguns produtos funcionam muito bem e outros muito mal e acredito que isso é bem particular de cada cabelo. Uso os produtos do Beleza Natural (gosto muito do creme para pentear deles) e me apaixonei pelos produtos da Salon Line! O melhor desses produtos é que entram no orçamento e pensam na cliente. Tenho muito cabelo e uso muito creme então comprar creme para pentear com menos de 500g não funciona pra mim, gente! E por falar em creme para pentear, para finalizar os cachos uso sempre reparador de pontar e espalho o creme no cabelo inteiro fazendo fitagem e amassando muito o cabelo no final.

Eu era adepta ao relaxamento, fazia de 3 em 3 meses pra deixar o cabelo mais controlado e os cachos mais abertos. Nessas andanças da vida tive algumas experiências que me decepcionaram um pouco deixando meu cabelo alisado e, com isso, achei melhor não continuar. Passei um ano na Austrália durante meu intercâmbio sem o tratamento e, olha, sobrevivi! Lá eu tive que me virar com os produtos que encontrava já que não existia a mesma variedade de produtos para cabelos cacheados e acabei descobrindo ainda mais técnicas que funcionaram pra mim (tipo usar condicionador como leave in… pode sim, você só precisa escolher o certo, baseado na composição) e me ajudaram a cuidar dele in the Land Down Under. Hoje faço relaxamento mais ou menos uma vez por ano mas o objetivo é abandonar a prática, o que vai exigindo de mim ainda mais cuidado.

download

Além dos rituais de 3 horas no banho e poções mágicas para hidratação (#brinks!) eu não tenho (mais) o costume de amarrar o cabelo e acho que isso me ajuda a conservar o formato dos cachinhos nos dias seguintes – ou day after- e a não quebrar meus fios, mal que acontecia comigo muito quando eu era mais nova. Outra dica é que uso uma fronha de cetim no meu travesseiro que não deixa meus cachinhos amassados depois da noite de sono e dá bem menos frizz que a normal.

Vocês devem ter reparado que o post tá cheio de links que levam pra algum outro site que tem mais um monte de informações. Bem, o segredo é esse. Quando eu decidi assumir os cachinhos não sabia o que era no/low poo ou que existiam tantos tipos de cabelo cacheado. Mas ninguém tá sozinho no mundo e (ainda bem que) existe um monte de garotas que ostentam um cabelo cacheado maravilhoso, viveram histórias das mais variadas com eles e estão dispostas a compartilhar conhecimento e experiência. Então você só tem que encontrar as informações e praticar tudo isso com o seu. E se você adora seu cabelo alisado, segue rotinas diferentes ou tem um cabelo que não tem nem sobra de cachos, ótimo! Seu cabelo merece carinho da mesma forma. A grande sacada dessa história toda é você aprender a se assumir da forma que se sente melhor. E, como tudo na vida, se dedicar pra alcançar o melhor resultado possível!

Curiosa, engenheira, independente e detalhista. Adora viajar, tirar fotos e mais um monte de coisas.

Deixe uma resposta